Como Estragar Tudo

Um blog de erros, por Gustavo Cavinato.

Tuesday, May 23, 2006

NOPE, NOPE

Ator decadente de filmes de cowboy abandona set de filmagem
e volta para a cidade de sua mãe, onde descobre ter um filho.
A premissa é interessante até demais, mas encarar
ESTRELA SOLITÁRIA, do Wim Wenders, no domingo
não foi tarefa das mais fáceis. Fazia tempo que
não assistia a um filme tão arrastado, e arrastado no pior
sentido da palavra. Nosso amigo alemão conseguiu fazer com
que uma fita de duas horas parecesse ter quatro horas e
meia. Na primeira vez que olhei pro relógio, os ponteiros
marcavam quarenta minutos cravados, e eu achando que faltava
menos de vinte pra acabar. Caceta, nada contra filmes lentos,
e esse aqui até tem um bom momento aqui e acolá, mas
o resultado final podia ser mais do que medíocre. TRÊS ENTERROS,
por exemplo, tem quase a mesma duração e é terrivelmente
melhor.

Mais sobre PINK FLAG, do Wire, nos próximos posts.
Ah, já falei isso, não?

4 Comments:

Blogger Vitor said...

Ando desatualizado em cinema. Tenho que ir mais.

3:35 PM  
Blogger Gustavo said...

vitor: mantendo média de dois por semana ultimamente. vai ver Três Enterros, pombas!

8:14 PM  
Blogger Ailton said...

Engraçado que todo mundo tá falando mal desse filme do Wenders, mas eu quero ver assim mesmo. De alguma maneira, ele é atraente pra mim.

4:39 AM  
Blogger Gustavo said...

ailton: o filme é ruim, cara. tem muita coisa melhor passando por aí.

6:02 PM  

Post a Comment

<< Home